Sunday, September 14, 2008

Piqueniques em noites de lua cheia...






Somos só quatro, mas parece que estamos todos a viciar-nos nos nossos piqueniques de lua cheia. Não há rituais. Mas que ritual seria preciso, se os nossos sentidos estão em festa? Se sentimos a energia da lua a ressoar nas nossas células? Se os sons da noite se entranham e nos fazem sentir profundamente todo o mundo à nossa volta? Isolada do ruído e das luzes das cidades, a noite é noitíssima. E nós somos UM com a noite, e a lua e o mundo. Pertencemos.

Neste piquenique eu queria sonhar, brincar e fazer de conta. E eles deixam-me fazer isso mas, querem que sejamos ainda e sempre quem somos. E eu vi a felicidade deles e entendi que não é preciso mais nada, que aquele momento vale por ele próprio, tentar criar algo diferente seria como pintar de dourado um belo lírio.

2 comments:

Bruxa da noite azul said...

Eu sei, tou a ver que foi uma daquelas noites:)
Fica para a proxima;)

Maria said...

Peço desculpa, minha querida.

Tive que tirar o comentário inicial, que era da minha autoria...

Volto a repetir: fizeste falta!

:)